I m A g E m

I m A g E m
O Velho do Espelho

"Por acaso, surpreendo-me no espelho:
quem é esse que me olha e é
tão mais velho do que eu?
Porém, seu rosto...é cada vez menos estranho...
Meu Deus,Meu Deus...Parece meu velho pai -
que já morreu"! (Mario Quintana)

P E S Q U I S A

quarta-feira, 2 de julho de 2008

14. Mais um gaúcho na Capital Federal - VIII

Cheguei em Brasília, no final de junho de 2008...


...viajei a trabalho, acompanhando uma comitiva do Vale do Sinos, 
empenhada em buscar soluções para o problema rodoviário da 
Região Metropolitana de Porto Alegre, especialmente o esgotamento da BR 116.


Mas também aproveitei para visitar meu irmão, Gilson Andrade,...que trabalha na Caixa..
 Não fui em busca do ouro, embora tenha visto ouro na terra,..



Brasília é uma cidade de decisões, muitas reuniões...


 
 ... e muitos negócios. Na foto, Miguel Schmitz, do Gruposinos, falando 
das vantagens  do Ministério dos Transportes anunciar no jornal NH (rsrsrs).


Em Brasília os adversários sentam-se,
 lado a lado, defendendo interesses comuns...



 

  ... enquanto as reuniões se sucedem.



No final de junho, a cidade estava de luto, 
pelo falecimento da ex-primeira-dama Ruth Cardoso.



Em Brasília sempre nos sentimos próximos do poder,


Em Brasília os espaços são amplos, 
todo o perto é muito longe 
e o céu aproxima-se da terra...
O urbano e o rural coexistem.
 e se não fosse o clima seco,
 seria o nosso pampa, 
o mesmo horizonte que se perde no olhar.



 
 Brasília é bela por sua natureza e bela pela sua arquitetura.



Em Brasília a genialidade de alguns, 
uniu-se ao trabalho de muitos.  
Mas sempre sobra tempo para um barzinho 
ou para prosear com  Juscelino...
mas a prosa com ele tem que ser séria
porque senão dona Sara nos xinga.
A magia de Brasília é tanta que você se pergunta 
se é uma foto ou  uma pintura?
É parte da cidade ou 
é uma obra de arte que fotografei?



                                                                                                           Gilnei Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário