I m A g E m

I m A g E m

O velho do espelho

"Por acaso, surpreendo-me no espelho:
quem é esse que me olha e é
tão mais velho do que eu?
Porém, seu rosto...é cada vez menos estranho...
Meu Deus,Meu Deus...Parece meu velho pai -
que já morreu"! (Mario Quintana)

P E S Q U I S A

sábado, 4 de fevereiro de 2012

TELMO LAURO MÜLLER



Na manhã de segunda-feira, 09 de janeiro, faleceu no Hospital Centenário em São Leopoldo, aos 85 anos, vítima do Mal de Alzheimer, o historiador, educador, professor, museólogo e escritor Telmo Lauro Müller. Foi um dos idealizadores e, por várias décadas, diretor do Museu Histórico Visconde de São Leopoldo na cidade-berço da imigração alemã, no Vale do Rio dos Sinos, 27 km ao Norte de Porto Alegre, RS.


PROFESSOR TELMO LAURO MÜLLER

A notícia de sua morte, no portal BrasilAlemanha, difundida pela mala direta BrasilAlemanha/Neues para mais de 73 mil assinantes ao redor do mundo, deixou um saldo de dezenas de mensagens registradas através do mecanismo "Deixe aqui seu comentário", inserido no final da matéria.
No portal BrasilAlemanha foi divulgado um currículo detalhado, gentilmente preparado por Camila da Rosa, do Museu Histórico Visconde de São Leopoldo, casa que reúne a história da imigração alemã no RS.

                                               Currículo
Nome: Telmo Lauro Müller
Nascimento: 17 de setembro de 1926
Localidade: Lomba Grande
Município: Novo Hamburgo
Naturalidade: Rio Grande do Sul
Nacionalidade: Brasileira
Filiação: Frederico Adolfo Müller e Elly Müller

                                            Títulos:
Bacharel em Geografia e História – Dipl. nº 4000/MEC
Licenciado em Geografia e História – Dipl. nº 5410/MEC
Historiógrafo – Concurso Público S.E.C.RS / Janeiro 1975
Museólogo – Registro nº 25/1985 – D.R.T. / P.A.

                                            Registros:
Ministério da Educação e Cultura
Diretoria do Ensino Secundário
Reg. nº F- 4943: Geografia e História
Reg. nº D- 25664: Português
Reg. nº 7473: Diretor de Estabelecimento de Ensino Secundário
Ministério da Educação e Cultura
Diretoria do Ensino Comercial
Reg. nº 1059: Geografia e História
Secretaria de Educação e Cultura, RS
Superintendência do Ensino Primário
Reg. nº 3692d

                                                   Cursos
Primário: 2 anos em escola colonial, em Lomba Grande, Novo Hamburgo, RS
Colégio Elementar, São Leopoldo 1940
Secundário: 1º ciclo, Ginásio Sinodal, São Leopoldo, 1944
2º ciclo, Colégio Estadual Júlio de Castilhos, Porto Alegre, 1947 – Curso Clássico
Superior: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1951.
Bolsa de estudos, República Federal da Alemanha, 1º semestre 1973: ensino da História e Museologia.
Exame d Suficiência em Português – Inspetoria Seccional de Porto Alegre, 1957.
IX Ciclo de Estudos da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Gerra: “ Segurança Nacional e Desenvolvimento”. Porto Alegre. 28/07 a 06/12/1971.
Curso de Extensão Universitária: “ O indígena americano”, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras ( Unisinos), São Leopoldo, 19/09/1965.
“ Uso Educacional de Museus e Monumentos”, Museu Imperial, Petrópolis, RJ, 4 a 9 de julho de 1983.
“Preservação do Patrimônio Cultural e Natural do Município”, Instituto Brasileiro de Administração Municipal ( IBAM), Rio de Janeiro, 5 a 7 de dezembro de 1983.
Curso de Extensão Universitária: “ História Contemporânea do Brasil”, Unisinos, 1971.

                                            Cargos e funções:
- Professor primário, Instituto Rio Branco, São Leopoldo, 1948 a 1952.
- Professor e diretor, Instituto Rio Branco, São Leopoldo, 1952 a 1956.
- Professor de Escola Normal Evangélica, São Leopoldo, 1950 a 1953.
- Professor do Colégio Sinodal, São Leopoldo, 1955 a 1956.
- Professor na Fundação Evangélica, Novo Hamburgo, 1956 a 1975.
- Inspetor de Ensino, Secretaria de Educação e Cultura.
- Secretário do Conselho Sinodal de Educação, 1964 a 1966.
- Presidente do Conselho Sinodal de Educação, 1967 a 1970.
- Membro da diretoria do Distrito Eclesiástico São Leopoldo da IECLB, de 1950 a 1969.
- Membro da diretoria regional, IV Região, IECLB, 1969 a 1977.
- Secretário dos concílios da IECLB, 1966, 1968, 1970, 1972.
- Secretário da Comunidade Evangélica de São Leopoldo, 1975/77, 1977/79.
- Presidente do Instituto Histórico de São Leopoldo desde 1975.
- Coordenador do Pólo Cultural São Leopoldo(São Leopoldo, Sapucaia, Portão, Estância Velha, Ivoti) da Secretaria de Cultura, Desporto e Turismo, 1982.
- Professor, Instituto Rio Branco, São Leopoldo, 1975 a 1989.
- Professor lotado na 2º Delegacia de Educação de São Leopoldo.
- Coordenador dos Simpósios de História da Imigração e Colonização alemãs no Rio Grande do Sul, São Leopoldo, 1974, 1976, 1978, 1980,1982,1984,1986,1990,1992,1994.
- 1º Secretário da Associação Rio-grandense de Museologia, Porto Alegre, 1985.
- Membro da Associação dos Ex-Alunos do Colégio Sinodal, São Leopoldo, 1984/88.
- Coordenador da Sub-Comissão de Assuntos Históricos e Culturais da Comissão Estadual dos Fstejos do Sesquicentenário da Imigração Alemã, Porto Alegre, 1974.
- Vice-presidente da Comissão Estadual dos Festejos dos 160 anos da Imigração Alemã, Porto Alegre, 1984.
- Membro da Comissão Municipal do Centenário de Lindolfo Collor São Leopoldo, 1990.
- Coordenador do Simpósio de História da Igreja, São Leopoldo, 23 e 24 de maio de 1986.
- Membro da Comissão Estadual “170 anos da Imigração Alemã”.
- Membro da Comissão Municipal de São Leopoldo “ 170 anos da Imigração Alemã”.
- Coordenador da Comissão municipal de SL que organizou a vinda.
- Membro da Comissão de criação do Conselho Municipal de Cultura de São Leopoldo, 1995.
- Coordenador da Comissão de Implantação do Conselho Municipal de Cultura de São Leopoldo, 1996.
- Membro da comissão organizadora da Programação dos 150 anos de instalação da Câmara de Vereadores de São Leopoldo, 1996.
- Coordenador de todos os Simpósios de História da Imigração Alemã até 1996.
- Membro efetivo do Conselho Municipal de Cultura, São Leopoldo, representante dos Museus e Arquivos, nomeado pelo Prefeito Municipal, Portaria nº 28950, 16/07/1996.
- 1º Presidente do Conselho Municipal de Cultura, São Leopoldo, eleito em 04/09/1996.
- Sócio Benemérito da Sociedade de Cantores Arroio da Manteiga, São Leopoldo, diploma de 13/09/1996.
- Presidente do Conselho Municipal de Cultura, reeleito em 23/07/1997.
- Membro da Comissão Municipal dos 175 anos da Imigração Alemã, São Leopoldo, Portaria Municipal nº 32224 de 03/12/1998, sendo eleito seu presidente na primeira reunião da Comissão.

                                                Publicações:

Livros:
- “Cozinha Alemã”, Receituário, 1976, Ed. Rotermund, 16 páginas
- “Colônia Alemã – Histórias e Memórias”, 1978, Ed. UCS/EST, 149 páginas
- “Monumentos em São Leopoldo”, 1979, Ed. Rotermund, 83 páginas
- “Colônia Alemã – Imagens do Passado”, 1981 Ed. EST, 112 páginas
- “Colônia Alemã- 160 anos de História”, 1984 Ed. EST/EDUCS, 127 páginas
- “Sociedade Ginástica São Leopoldo – cem anos de História – 1885-1985,1986. Ed. Rotermund, 150 páginas
- “Herança de Geração em Geração”, 1988, Ed. Rotermund, 159 páginas
- “Amor ao Próximo”, 1990, Ed. Rotermund, 176 páginas
- “Nacionalização e Imigração Alemã”(organizador), Ed. Unisinos, 1994
- “1824 Antes e Depois, Ed. Metrópole, 1994, 24 páginas
- “Imigração e Colonização Alemã(organizador), Ed. EST, Porto Alegre,1980
- “História da Imigração Alemã para Crianças”, trilíngue ( Português, Alemão e Dialeto), 1996, Ed. EST
- Sesquicentenário da Igreja Evangélica de Lomba Grande, 1998 (Coord.)
- “1824 Antes e Depois” Ed. Amstad, Nova Petrópolis, 1999, 2º edição (Português)
- “1824 Vorher Nachher” Ed. Amstad, Nova Petrópolis, 1999, 1º edição(Alemão)
- “Os imigrantes alemães e a sua cozinha”, Editora Amstad, Nova Petrópolis, 1999

                                                       Colaborações
- Administração e Supervisão na Escola Primária, Dalilla C. Sperb, Ed. Globo Porto Alegre, 1963
- Problemas Gerais de Currículo, Dalilla C. Sperb, Ed. Globo, Porto Alegre 1966
- Das historische Institut Von São Leopoldo und die Erforschung der deutschen Einwanderung, em Brasilien die Neue Welt, Verlag A. F. Koska, Wien/Berlin, 1986
- Contribuição para a História de Nova Petrópolis, Prefeitura Municipal de Nova Petrópolis, Ed. EDUCS, 1988
- Almas que falam, coletânea do Centro Literário de São Leopoldo, Orvalho Andaluz Editora, PA, 1996
- Nós, os teuto-gaúchos, Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1996
- Sociedade Orfeu- Da história de um nome à identidade de um clube, Elda Luz Ramos, Mirian Fialkow, José Carlos Eggers, 1998( deve estar em citações)
- São Pedro de Alcântara , Aspectos de sua história, 1999, pág. 161
- Grupo de Bolão Tiradentes, Ribeiro Pires, 1999, pág 18
- A Serviço da Vida, Escola Superior de Teologia, São Leopoldo, 1999, página 48
- 2º Simpósio Raízes do Vale do Alto Taquari, Lajeado, 1998, pág. 69 / nossa identidade”.
- Agradecimento no livro “ Vir, viver e talvez morrer em Campinas” de Andrea Mara Souto Karastojanov, Campinas, 1999, pág 16
- Imigração Alemã, in Terra de Areia – Marcas do tempo, Nilza Huyer Ely, 2000 – pág 20, foto, pág 21 texto ( Marcas do Tempo)
- in Mulher, vida e Consiência, Doroti Prato, 1999

                                                      Citações
- in Órgãos de Tubos no RGSul, Ane Schneider, 1995.
- in Anais do V Congresso Nacional da FECAB, 1995,pág 9
- in “ Hunsrückisch in R.G. do Sul”, tese de doutorado de Cléo Vilson Altenhofen, Mainz, Alemanha, com citação de 3 livros: Colônia Alemã – Histórias e Memórias; Colônia Alemã – 160 anos de História, Nacionalização e Imigração Alemã
- in Imigração e Luteranismo em Santa Catarina, - João Klug, 1994 bibliografia pág 235
- In Campo Bom: História e Crônica – Guido Lang, 1996 Bibliografia, pág 157
- Mucker – Fanáticos ou Vítimas, Antõnio M. Galvão, 1996 Bibliografia pág 107
- in Os imigrantes alemães no RGS e o Luteranismo – Walter O. Steyer, 1999
- in “Raízes” de Maria Eunice Müller Kautzmann, 1998
- in “Cemitérios das Colônias Alemãs”, 1985, Werner Dullius

                                                  Condecorações
Verdienstkreuz am Bande (Cruz do Mérito) da República Federal da Alemanha, 11/07/1988 – pelo estudo, ensino e registro da história da imigração alemã no Rio Grande do Sul e pelo estreitamento das relações entre a República Federativa do Brasil e República Federal da Alemanha.
Educador Emérito, Estado do Rio Grande do Sul, 22/11/1988, como reconhecimento aos relevantes Serviços prestados à causa da Educação.
Medalha Negrinho do Pastoreio, Estado do Rio Grande do Sul, diploma em 30/08/1996, pelos relevantes serviços que tem prestado ao Estado em favor da pessoa humana.
Irmãos:
Nelson Ernesto Müller
Kurt Elvino Müller
Telmo Lauro Müller
Harriet Helmuth Müller
Heliet Carmem Müller(Santini)
Lilian Ruth Müller(Comerlato)
Asta Hedwig Müller(Bérgamo)
Ricardo Paulo Müller
Filhas:Denise
Elaine
Netos:
Carolina Müller Jung (Denise)

2 comentários:

  1. Olá Gilnei Andrade!

    O senhor esqueceu-se de incluir o prefácio do Telmo Lauro Müller no livro "Colônia Teutônia: História e Crônica: 1858 - 1908" (de Guido Lang) nas citações da obra literária do primeiro.

    Se tiver interesse em receber a digitalização do mesmo, favor manifestar interesse.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Caro Julio Cesar a publicação que reproduzimos era do Portal Brasil Alemanha. Mas tenho interesse em receber a digitalização. Se houver dificuldade de postá-la aqui pode enviar por e-mail para gilnei.andrade@gmail.com

    ResponderExcluir