I m A g E m

I m A g E m

O velho do espelho

"Por acaso, surpreendo-me no espelho:
quem é esse que me olha e é
tão mais velho do que eu?
Porém, seu rosto...é cada vez menos estranho...
Meu Deus,Meu Deus...Parece meu velho pai -
que já morreu"! (Mario Quintana)

P E S Q U I S A

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Desgovernadora é xingada e vaiada

Aconteceu no dia 31/08/08 na Expointer e a Agência Celeuma publicou:



Um fato ocorrido no último domingo, 31 de agosto, durante a Prova Freio de Ouro na Expointer em Esteio, não teve destaque em nenhum órgão da grande imprensa que temos por aqui. O rapaz na foto fez valer a fama da gaúchada e não engoliu em seco o que tinha a dizer para a Governadora Yeda Crusius. Raquel Santana, de Curitiba, foi a única fotógrafa no local a registrar o ocorrido. Ela disponibilizou a foto para a blogosfera, e não para os "chapaBranca".

                                       Gaúcho desabafa e vai preso


Raquel escreve:
"Na prova mais disputada dentro da Expointer, o Freio de Ouro, um furo de reportagem. O cara ali em cima em pé*, simplesmente ofendeu a governadora Yeda Crusius, do Rio Grande do Sul, com palavrões de baixo calão. A platéia veio abaixo e foi uma confusão. Sob vaias e xingamentos, a governadora atravessou um longo caminho, até chegar ao palanque das autoridades. Do outro lado, sem saber direito o que se passava, fui a única a documentar o fato. Quando soube, a assessoria da governadora queria a minha foto de qualquer jeito. Claro que não dei. Mas o pobre rapaz foi preso. Uma pena, pois isso atenta contra a liberdade de expressão!"
O causo da Expointer tem dois pontos fundamentais. Primeiro, nosso novo ídolo e mártir não posou de louco sozinho ao desacatar a (des) Governadora do Estado. Sequer foi ele quem começou as vaias. Apoiamos irrestritamente o direito de um cidadão se empolgar na hora da merecida vaia à (des)Governadora e dirigir palavras certeiras contra ela. E segundo, o que passa, é que é, no mínimo, absurdo prender o cidadão. Por que não algemaram a arquibancada inteira que vaiava (e talvez dissesse coisas até piores, mas de forma um tanto mais discreta)?

Nenhum comentário:

Postar um comentário